Múltipla gravidez por semana

Hoje, cada vez mais você pode ver mães jovens com gêmeos, trigêmeos e às vezes com um quarto. Para o aumento da taxa de natalidade dos gêmeos, devemos antes de tudo agradecer às modernas tecnologias reprodutivas. No entanto, em algumas mulheres, a possibilidade de gravidez múltipla é inerente à genética. Considere como o desenvolvimento de gravidezes múltiplas ocorre por semana.

Múltipla gravidez nos estágios iniciais

Gravidez diversas frutas normalmente flui mais difícil, o risco de patologias aumenta, o período de gestação dura menos: Gêmeos nascem em cerca de 37 semanas, trigêmeos - em 33 semanas, quádruplos - a 28 semanas.

As primeiras semanas de gestações múltiplas são quase as mesmas que em um único bebê. No entanto, é neste momento (em 2-4 semanas obstétricas de gravidez) que quantos bebês nascerão em breve. Na 5ª semana há um atraso, e a mulher descobre sua "posição interessante", embora o número de crianças ainda seja um segredo para ela. No entanto, o fato do início de uma gravidez múltipla pode ser estabelecido com a ajuda da ultrassonografia. Se a concepção ocorreu com a ajuda da fertilização in vitro, ultra-sonografia de gravidez múltipla em 5-6 semanas é um procedimento necessário.

Outro marcador de gravidezes múltiplas é a quantidade de gonadotrofina coriônica no sangue de uma futura mãe. Por via de regra, o conteúdo de hCG durante gravidezes múltiplas aumenta muito mais rapidamente, em proporção ao número de frutos.

6-9 semanas está colocando todos os órgãos e sistemas, e é o período mais perigoso, pois qualquer falha pode levar a defeitos, o aborto aborto ou perdeu (para morrer podem apenas um embrião, os embriões restantes têm uma chance de sobreviver). Durante este período, os médicos recomendam que a futura mãe se abstenha de sexo. Além disso, é nesse período que ela aprende todas as delícias de toxicidade. Toxicosis em gestações múltiplas são afetados quase todas as mulheres grávidas, é preciso muito mais nítidas e duram mais tempo - até 16 semanas.

Na 11ª semana de gravidez múltipla, o estômago já está visivelmente arredondado e continuará a crescer muito mais depressa do que com a gravidez normal. As crianças estão totalmente formadas e podem se mover.

Às 12 semanas com gestações múltiplas, a ultrassonografia é realizada como parte da primeira triagem durante a gravidez. Às vezes, é nesse ponto que uma mulher descobre que está destinada a ser mãe de vários bebês ao mesmo tempo. A fase perigosa é aprovada com segurança: o risco de aborto espontâneo diminui.

Crescendo juntos

Às 13-17 semanas, a fruta cresce rapidamente, o que significa que o apetite da futura mãe cresce. Nutrição para gravidez múltipla deve ser equilibrada, a dieta deve conter um grande número de alimentos contendo proteínas, vitaminas B, C, bem como cálcio e ferro. Coma melhor pouco a pouco, mas muitas vezes (pelo menos 6 vezes por dia).

Em um período de 16 a 22 semanas, uma segunda triagem é realizada, o que provavelmente revela taxas aumentadas de AFP e hCG - para uma gravidez múltipla isso é normal. Muitas mães começam a sentir uma nova vida dentro de si: as perturbações durante gravidezes múltiplas são sentidas ao mesmo tempo que no caso de singleton. As crianças já percebem a presença umas das outras, tocam o próximo, dormem e ficam acordadas ao mesmo tempo.

A partir da 21ª semana de gravidez, as migalhas ouvem bem, distinguem entre a luz e a escuridão. Mas minha mãe tem um tempo difícil: crescimento da barriga não tomar uma respiração profunda e dobrar, você pode ser uma dor nas costas e nas pernas, as estrias da pele ocorrem, perturbar azia e prisão de ventre. Corpo funciona praticamente desgaste, de modo varizes, anemia, pielonefrite e pré-eclâmpsia em gestações múltiplas ocorrem mais frequentemente. Durante esse período, a hospitalização na maternidade é possível. Múltipla gravidez nos estágios iniciais

Em 25-29 semanas é o desenvolvimento dos sistemas nervoso e respiratório, as crianças começam a estocar gordura, o seu crescimento ativo pára. Já agora é necessário ter um cartão de troca com você em todos os momentos. A partir de 28 semanas, a gestante sai em licença de maternidade, que durará um total de 194 dias.

Durante as últimas semanas de uma gravidez múltipla, uma mulher geralmente está em um hospital, sob a supervisão constante dos médicos. O ultrassom (e, além disso, a dopplerometria e o CTG do feto) podem agora ser feitos toda semana. Durante a ultrassonografia, avalie a condição da placenta e a possibilidade de parto fisiológico (se os frutos estiverem localizados para baixo). No entanto, o trabalho de parto em gravidez múltipla em 70% dos casos é realizado com a ajuda de cesariana.

Written by

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

57 − 53 =