grau de maturação da placenta 0

O órgão mais importante para uma criança ainda não nascida durante toda a gravidez é a placenta. Este órgão nasce no útero somente após a fertilização. E já meia hora após o nascimento a placenta sai do útero.

A placenta, ou uma cadeira de criança em comum, alimenta oxigénio fruta, nutrientes, elimina os produtos de decomposição, e também executa uma função protectora, proteger o bebé contra várias infecções e substâncias tóxicas que podem cair a partir da matriz para dentro do útero.

A placenta atravessa o caminho da educação, maturidade e envelhecimento. Na fase inicial, a placenta é chamada de córion e já no segundo mês é formada na placenta. No total, quatro graus de maturidade da placenta são distinguidos por semanas: 0, I, II e III.

É por isso que em todo ultrassom planejado do feto, o médico estuda cuidadosamente a placenta e determina o grau de sua maturidade. Afinal, a nutrição do bebê, seu desenvolvimento e sua saúde dependem disso.

Maturidade da placenta 0

Normalmente, o grau de maturidade da placenta é zero até 30 semanas. Esta condição da placenta indica que este órgão vital para o bebê desempenha todas as suas funções e pode protegê-lo tanto quanto possível.

Em um grau de maturidade da placenta 0, esse órgão tem uma estrutura homogênea e está no primeiro estágio de seu desenvolvimento.

Mas o mau envelhecimento prematuro da placenta, e atrasar a maturidade deste órgão importante. Afinal, com o crescimento do feto e da placenta cresce, e se ele não mudar até 34 semanas, os médicos a diagnosticar a doença como "maturação tardia da placenta." Felizmente, é muito raro. categoria de risco inclui mulheres que sofrem de diabetes ou têm fator Rh diferente com o feto, bem como o desenvolvimento da placenta pode indicar a provável presença de defeitos no desenvolvimento da criança.

Mas o principal para uma mãe durante a gravidez não é se preocupar, os médicos também podem cometer erros e colocar um diagnóstico incorreto. Que sua gravidez e parto não lhe tragam decepção.

Written by

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

7 + 1 =

grau de maturação da placenta 0

O órgão mais importante para uma criança ainda não nascida durante toda a gravidez é a placenta. Este órgão nasce no útero somente após a fertilização. E já meia hora após o nascimento a placenta sai do útero.

A placenta, ou uma cadeira de criança em comum, alimenta oxigénio fruta, nutrientes, elimina os produtos de decomposição, e também executa uma função protectora, proteger o bebé contra várias infecções e substâncias tóxicas que podem cair a partir da matriz para dentro do útero.

A placenta atravessa o caminho da educação, maturidade e envelhecimento. Na fase inicial, a placenta é chamada de córion e já no segundo mês é formada na placenta. No total, quatro graus de maturidade da placenta são distinguidos por semanas: 0, I, II e III.

É por isso que em todo ultrassom planejado do feto, o médico estuda cuidadosamente a placenta e determina o grau de sua maturidade. Afinal, a nutrição do bebê, seu desenvolvimento e sua saúde dependem disso.

Maturidade da placenta 0

Normalmente, o grau de maturidade da placenta é zero até 30 semanas. Esta condição da placenta indica que este órgão vital para o bebê desempenha todas as suas funções e pode protegê-lo tanto quanto possível.

Em um grau de maturidade da placenta 0, esse órgão tem uma estrutura homogênea e está no primeiro estágio de seu desenvolvimento.

Mas o mau envelhecimento prematuro da placenta, e atrasar a maturidade deste órgão importante. Afinal, com o crescimento do feto e da placenta cresce, e se ele não mudar até 34 semanas, os médicos a diagnosticar a doença como "maturação tardia da placenta." Felizmente, é muito raro. categoria de risco inclui mulheres que sofrem de diabetes ou têm fator Rh diferente com o feto, bem como o desenvolvimento da placenta pode indicar a provável presença de defeitos no desenvolvimento da criança.

Mas o principal para uma mãe durante a gravidez não é se preocupar, os médicos também podem cometer erros e colocar um diagnóstico incorreto. Que sua gravidez e parto não lhe tragam decepção.

Written by

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

+ 33 = 39