uma dieta fria

A geleia (gelatina) é um petisco favorito, excelente para a vida quotidiana e para uma mesa festiva. Além disso, é um prato de proteína, que se encaixa perfeitamente no quadro de várias dietas. Considere todos os prós e contras da gelatina, bem como as dietas dentro das quais ela pode ser usada.

O frio é bom para a saúde?

O frio é um produto único - é praticamente puro colágeno, digerido de ossos e cartilagens. É devido ao alto teor de proteína que um prato é considerado curativo em doenças de articulações, ossos e tecidos conjuntivos. O frio contém muito retinol, que fortalece o sistema imunológico e a lisina, que permite uma melhor absorção do cálcio.

Outra boa propriedade da geleia é a capacidade de fortalecer o sistema nervoso e fortalecer a atividade do cérebro.

Para aqueles que há muito tempo tomam antibióticos, ou por outras razões, encontraram uma falta de vitaminas do complexo B no corpo, o frio é um assistente indispensável, já que é a sua própria composição desta substância que é muito bonita.

No entanto, não se esqueça que esse prato é um depósito de colesterol prejudicial, portanto, o uso freqüente dele leva ao bloqueio de vasos sanguíneos e a todos os problemas relacionados. Além disso, o abuso de tal prato pode levar a uma desaceleração nos processos metabólicos e, como consequência, ao ganho de peso. No entanto, se você não o comer todos os dias e de vez em quando, não haverá perigo. Pode e deve ser comido uma vez por semana.

Dietas em um resfriado

Como já descobrimos, comer apenas um resfriado para reduzir o peso não é seguro e não produzirá o efeito desejado. É melhor se referir a dietas nas quais a gelatina pode se tornar um dos componentes:

  • a dieta de Ducan permite a água-viva, mas não na primeira fase ("Attack"), e na subseqüente, menos estrita;
  • De acordo com a dieta do Kremlin, a água-viva tem 0 pontos, ou seja, é reconhecida como um prato desejável.

Se você reduzir o peso em uma nutrição adequada, o resfriamento é bastante aceitável saudável para a saúde prato para qualquer refeição, o melhor de tudo - jantar.

Quanta proteína está no frio?

A quantidade de proteína, como o conteúdo calórico do prato, depende diretamente dos produtos que foram usados ​​na culinária:

  • a carne das pernas de carne bovina tem um valor calórico de cerca de 200 kcal e contém 26 g de proteína;
  • o caldo de carne de porco contém cerca de 270 kcal por 100 ge 22 g de proteína.

Calorias no frio de carne bovina, suína e outros produtos dependem da técnica de cozimento, da porcentagem de caldo e carne no prato preparado usado na adição de vegetais. Os números fornecidos são aproximados.

Written by

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

+ 56 = 64

uma dieta fria

A geleia (gelatina) é um petisco favorito, excelente para a vida quotidiana e para uma mesa festiva. Além disso, é um prato de proteína, que se encaixa perfeitamente no quadro de várias dietas. Considere todos os prós e contras da gelatina, bem como as dietas dentro das quais ela pode ser usada.

O frio é bom para a saúde?

O frio é um produto único - é praticamente puro colágeno, digerido de ossos e cartilagens. É devido ao alto teor de proteína que um prato é considerado curativo em doenças de articulações, ossos e tecidos conjuntivos. O frio contém muito retinol, que fortalece o sistema imunológico e a lisina, que permite uma melhor absorção do cálcio.

Outra boa propriedade da geleia é a capacidade de fortalecer o sistema nervoso e fortalecer a atividade do cérebro.

Para aqueles que há muito tempo tomam antibióticos, ou por outras razões, encontraram uma falta de vitaminas do complexo B no corpo, o frio é um assistente indispensável, já que é a sua própria composição desta substância que é muito bonita.

No entanto, não se esqueça que esse prato é um depósito de colesterol prejudicial, portanto, o uso freqüente dele leva ao bloqueio de vasos sanguíneos e a todos os problemas relacionados. Além disso, o abuso de tal prato pode levar a uma desaceleração nos processos metabólicos e, como consequência, ao ganho de peso. No entanto, se você não o comer todos os dias e de vez em quando, não haverá perigo. Pode e deve ser comido uma vez por semana.

Dietas em um resfriado

Como já descobrimos, comer apenas um resfriado para reduzir o peso não é seguro e não produzirá o efeito desejado. É melhor se referir a dietas nas quais a gelatina pode se tornar um dos componentes:

  • a dieta de Ducan permite a água-viva, mas não na primeira fase ("Attack"), e na subseqüente, menos estrita;
  • De acordo com a dieta do Kremlin, a água-viva tem 0 pontos, ou seja, é reconhecida como um prato desejável.

Se você reduzir o peso em uma nutrição adequada, o resfriamento é bastante aceitável saudável para a saúde prato para qualquer refeição, o melhor de tudo - jantar.

Quanta proteína está no frio?

A quantidade de proteína, como o conteúdo calórico do prato, depende diretamente dos produtos que foram usados ​​na culinária:

  • a carne das pernas de carne bovina tem um valor calórico de cerca de 200 kcal e contém 26 g de proteína;
  • o caldo de carne de porco contém cerca de 270 kcal por 100 ge 22 g de proteína.

Calorias no frio de carne bovina, suína e outros produtos dependem da técnica de cozimento, da porcentagem de caldo e carne no prato preparado usado na adição de vegetais. Os números fornecidos são aproximados.

Written by

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

68 − 59 =